Lareira aberta tradicional versus lareira moderna: as vantagens das tecnologias atuais

Lareira fechada

Lareiras abertas: por que devem ser evitadas

Lareiras abertas são chamas abertas, lareiras sem vidro que ainda existem em muitas casas, tanto tradicionais como recém-construídas. A lareira aberta deve ser considerada um objeto decorativo ou para cozinhar esporadicamente no carvão. Mas não deve ser considerado uma solução de aquecimento, devido ao seu baixo desempenho e altas emissões de partículas.

Lareiras modernas: uma solução válida

A lareira moderna tem o recuperador fechado com vidro temperado, de modo que o calor que se produz no interior, em vez de se dispersar pela chaminé, é recuperado pelo facto de ser introduzido no ambiente doméstico por meio de respiradouros. Desta forma, o poder calorífico da lenha é aproveitado de forma mais eficiente e econômica. Por esta razão, as lareiras modernas, com a mesma madeira utilizada, aquecem mais e são muito menos poluentes em comparação com as lareiras abertas tradicionais.

Rendimentos, que na lareira aberta atinge apenas 15-30%, eles chegam a 80-90% nas chaminés modernas e os níveis de emissão de partículas são reduzidos mais de oito vezes.

Modernas lareiras a pellets: as vantagens

Ao usar pellets em vez de lenha, a lareira moderna pode oferecer uma redução adicional de 10% no nível de emissões nocivas. Foi calculado, por exemplo, que com a simples substituição de lareiras a lenha ou fogões a lenha obsoletos por produtos inovadores de pellets resultaria em uma redução nas emissões de PM10 de mais de 80%.

Além do aspecto ecológico, a moderna lareira a pellets oferece inúmeras vantagens práticas, principalmente relacionadas com a possibilidade de programar o acendimento e o apagamento de acordo com os seus horários e necessidades. O armazenamento de combustível também é muito mais simples, pois os sacos de pellets ocupam menos espaço e não bagunçam.

Mais informações: https://www.mcz.it/es/chimenea-abierta-frente-a-chimenea-moderna/