Na Europa, o consumo de pellets passou de 4 para 14 milhões de toneladas nos últimos anos 10. Neste mesmo período, o consumo de pellets domésticos na Espanha aumentou das quase 100.000 anuais para o 573.000 consumido em 2018. E as previsões apontam para vai ultrapassar um milhão de toneladas em 2022.

Produtores espanhóis garantir o fornecimento e aumentar a fabricação juntos. A capacidade produtiva da Espanha excede em muito as toneladas 593.000 produzidas no ano passado, que foram suficientes para abastecer o mercado nacional. Os fracassos no fornecimento com alguns distribuidores de pequenos previsores foram cobertos por outros sem grandes problemas.

La Certificação ENplus do pellet consolidou como referência de qualidade entre os consumidores em todo o mundo. Atualmente, os fabricantes espanhóis 39 possuem o certificado em vigor e trabalham diariamente para manter os parâmetros exigidos, enquanto aumentam os níveis de controle e inspeção para garantir a qualidade.


 
A AIMMP - Associação das Indústrias da Madeira e do Mobiliário de Portugal é a única associação empresarial do sector em Portugal, representando todas as indústrias florestais. Estará presente em Valladolid de 21 a 23 de setembro na Expobiomasa com os seus associados:
Localizada no coração da região de Tierra de Pinares, a Naturpellet tem como mote a fabricação de pellets da melhor qualidade e que respeitem o meio ambiente.
A Gebio Energía, empresa de serviços energéticos, produz desde o ano passado pelotas próprias certificadas da mais elevada qualidade e implementou um novo sistema logístico para servir os seus clientes em Espanha e Portugal.
A Naparpellet é uma empresa líder em inovação e qualidade de pellets e chips que está “transformando o futuro”. Na verdade, é a única empresa recomendada por muitos fabricantes de caldeiras e fogões na Europa. Os pellets de alta qualidade são produzidos com 100% de serragem de pinho, secos a baixas temperaturas e umidade média de fabricação de 6%, o que nos permite garantir um PCI de 4,94-5,35kwh / kg.
CEPEVER ENERGÍA VERDE é um novo projeto que se baseia no conhecimento do setor durante mais de uma década de crescimento e ajuda os clientes a melhorar a gestão e compra de pelotas, oferecendo um serviço 360 graus. A força que este projeto defende é a solidez e as coisas simples.
A Ecofricalia Sostenible SL apresenta na Expobioamsa este novo dispositivo que permite a venda de pellets a granel de forma automatizada através da gestão eletrónica e pagamento automático por cartão bancário, com baixíssimo consumo e mínima manutenção. 
A Briquetas CarWood desenvolveu um estudo focado no cálculo das emissões de gases de efeito estufa gerados durante o aquecimento em estufas com combustíveis fósseis e combustíveis de biomassa densificada. O estudo foi realizado para uma estufa com área de 5.000 m2, estimando as emissões de combustíveis fósseis e biomassa a partir dos fatores de emissão do Governo britânico. 
Oliva Corks - CARBOON é a primeira planta da Espanha que produz carvão em fornos pirolíticos e consegue transformar a lenha de poda e corte em carvão através da pirólise, que decompõe quimicamente um elemento orgânico e o transforma em outro. Isso é obtido em temperaturas elevadas na ausência de oxigênio. As três principais vantagens deste processo são:
A empresa, que fabrica 40.000 mil toneladas de pelotas por ano com resíduos florestais da área, planeja passar para 60.000 mil toneladas por ano fabricadas. Por isso, realizaram diversos investimentos para melhorar a planta, o sistema de armazenamento e, assim, otimizar a capacidade de produção e reduzir custos. Esta aposta custou à Pellets Astúrias cerca de três milhões de euros.
O preço do óleo para aquecimento aumentou 17% desde janeiro passado. O preço do diesel sofre quedas significativas e sobe de tempos em tempos. Desde o declínio no início da pandemia, já se recuperou e aumentou 57% em um ano, e esse aumento está causando um aumento da confiança na instalação de novos equipamentos de aquecimento de biomassa.
A Associação Espanhola de Biomassa (Avebiom), órgão organizador da EXPOBIOMASA, há anos tenta normalizar e unificar o uso do caroço de azeitona.
Os pellets são o biocombustível natural mais elaborado. São pequenos cilindros de 6 a 8 milímetros de diâmetro e 1 a 4 centímetros de comprimento, obtidos por prensagem da serragem de madeira. Graças à lignina, componente natural da madeira que atua como cola, é possível formar pequenos cilindros sem o uso de aditivos. UMA ENERGIA RENOVÁVEL DE ORIGEM NATURAL